Seminário nacional de educação permanente e gestão do trabalho no SUAS começa amanhã na Capital

julho 1, 2024 Off Por

Promovido pela Sead (Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos) e a Secretaria Nacional de Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, o Seminário Nacional de Educação Permanente e Gestão do Trabalho no SUAS tem como objetivo fomentar discussões e reflexões sobre a gestão do trabalho e a educação permanente no Sistema Único de Assistência Social (SUAS). O evento acontece a partir das 9h, amanhã, no Bioparque Pantanal e segue até o dia 4.

Durante o evento também será comemorado o 9º Aniversário da Escola do SUAS Mariluce Bittar, com a participação de representantes de 17 estados e do Distrito Federal. O seminário será uma oportunidade para a troca de experiências entre as equipes estaduais, do distrito federal e dos municípios do Mato Grosso do Sul que atuam na área de Gestão do Trabalho e Educação Permanente do SUAS. Além disso, será um momento para compartilhar a experiência pioneira da Escola do SUAS Mariluce Bittar.

Uma das temáticas importantes que será discutida no evento é o combate ao assédio moral no SUAS, uma campanha promovida pelo CNAS (Conselho Nacional de Assistência Social). A representante do CNAS, Margareth Alves Dellaruvera, estará presente para abordar este tema urgente e de grande relevância para todos os que atuam nesta política pública.

A coordenadora da Escola do SUAS/MS, Patrícia Noleto, explica que durante a programação, serão homenageadas Mariluce Bittar e Simone Albuquerque, reconhecidas pelo seu histórico de luta intransigente pelos direitos sociais.

Ainda conforme a coordenadora, o encontro representa um marco significativo para o fortalecimento e a consolidação das políticas de assistência social no Brasil, proporcionando um espaço de diálogo e aprendizado para todos os envolvidos.

Primeira Escola de Assistência Social do Brasil: 9 anos de contribuição na implementação de melhores práticas no SUAS

Em um marco histórico, o decreto nº 14.096, publicado em 8 de dezembro de 2014, oficializou a criação da primeira Escola de Assistência Social do país. Inaugurada em 2 de junho de 2015, a instituição já emitiu mais de 10.524 certificados .

A Escola se destaca como um equipamento de inovação social, sendo responsável pelo processo formativo de trabalhadores, gestores, conselheiros e usuários da Assistência Social, e servindo de referência para outros estados interessados em estabelecer iniciativas similares. Atualmente, conta com uma equipe de 27 servidores dedicados, responsáveis pelo seu funcionamento. Eles desempenham papéis cruciais na organização e segurança do ambiente, gestão de documentos, assessoria aos municípios e implementação da política de Gestão de Trabalho e Educação Permanente. Mensalmente, são investidos aproximadamente R$ 150 mil reais para cobrir desde o pagamento dos recursos humanos até a manutenção do prédio.

Este aniversário de nove anos não só celebra a trajetória da Escola, mas também destaca seu impacto contínuo no campo da assistência social, preparando profissionais e promovendo melhores práticas no SUAS em todo o país.

Leomar Alves Rosa, Comunicação Sead