Com foco no desenvolvimento econômico, Prefeitura de Campo Grande leva esgoto para Polo Empresarial Oeste beneficiando cerca de 5 mil pessoas

junho 26, 2024 Off Por

Após quase 20 anos do seu lançamento, o Polo Empresarial Oeste vai receber a rede de esgoto beneficiando diretamente as mais de 50 empresas instaladas no espaço, que geram cerca de 4,8 mil vagas de trabalho direta e indireta em Campo Grande. As obras que já começam a ser realizadas nesta quarta-feira (26) pela concessionária responsável pelos serviços de água, coleta e tratamento de esgoto na Capital, vão levar mais infraestrutura para a região promovendo o desenvolvimento econômico e impactando a vida de milhares de pessoas que trabalham e vivem no local.

O diretor do Grupo Bamboa, Junior Avesani, contou que a iniciativa era esperada com ansiedade por todos. “Essa é uma demanda de alguns anos dos empresários aqui do polo. Nós tivemos recentemente uma conversa com a Sidagro e podemos dizer o seguinte: já começamos a ter resultados positivos dessa visita. As entregas vão começar a acontecer e estão acontecendo, e o que importa para nós, os empresários, é o olho do poder público no desenvolvimento. O que nós queremos é que o poder público nos ajude no crescimento das nossas empresas, e por consequência a gerar mais emprego e renda”, disse.

Para o secretário municipal de Inovação, de Desenvolvimento Econômico e Agronegócio, Ademar Silva Jr. a infraestrutura dos polos é essencial para o fomento do setor produtivo, pois garante a eficiência e a competitividade das empresas estabelecidas. “Investimentos em saneamento, estradas, energia e etc. facilitam as etapas percorridas da produção, reduzindo custos logísticos e tempos de entrega. Por isso, estamos ampliando a forma de trabalhar aqui no Polo. Já foram feitas algumas ações a pedido do empresariado. Estamos vendo o esgoto e o asfalto chegando e vai chegar muitas outras benfeitorias”, afirmou.

A entrega dos 12,2 quilômetros de rede de esgoto no Polo Empresarial Oeste integra o programa Campo Grande Saneada, que vem intensificando a ampliação da rede de esgoto em toda a cidade. Até o fim de 2024, a previsão da Águas Guariroba é alcançar um índice de cobertura de 94% da população atendida com a rede de esgoto. Somente no Polo Empresarial Oeste vão ser investidos R$ 4 milhões.

“A Prefeitura com trabalho sério e responsabilidade tem avançado em melhorar a qualidade de vida e condições para os trabalhadores do Polo Empresarial. Além da entrega de hoje, também entregou a construção da ponte sobre o Córrego Imbirussu, ligando o Polo Empresarial Oeste ao Jardim Carioca, diminuindo distâncias e facilitando a vida dos trabalhadores e  pavimentação da Avenida Sólon Padilha e trechos da Anne Salim Saad e Sete, vias cruciais para o acesso ao Polo Oeste”, frisou a prefeita Adriane.

No próximo mês, a Emei do Jardim Carioca, que estava há quase 15 anos com 60% da obra concluída e abandonada, também será entregue. “As trabalhadoras pediram para a Prefeitura concluir essa obra. Que vai trazer mais qualidade e oportunidade para elas”, emendou a prefeita.

Outros 120 km de rede de esgoto foram implantados somente em 2024 pela Águas Guariroba, resultando em aproximadamente 4,7 mil novas ligações. Ainda neste ano, as obras prosseguem nos bairros Caiobá, Centro-oeste, Seminário, Samambaia, Nova Campo Grande, Aero Rancho, Moreninhas, Tiradentes e São Conrado.

O presidente da Águas Guariroba, Themis Oliveira, relembrou que a iniciativa começou a ser plantada há cerca de dois anos e chega nesta quarta na culminação com o início das obras. “Essa rede de esgoto começou a ser construída em uma conversa na Prefeitura, onde nos foi colocado uma série de demandas e entre elas estava o esgoto do Polo Empresarial Oeste. A gente sabe que as empresas e as indústrias escolhem locais com infraestrutura montada e é isso o que atrai investimentos no país inteiro”, disse.

A região já tem uma subestação de tratamento de esgoto e a expectativa é que as obras da rede de saneamento terminem em 45 dias. O secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos concluiu afirmando que a ação vem demonstrar a importância das parcerias para o desenvolvimento local. “Desenvolvimento econômico traz geração de emprego e renda e isso traz qualidade de vida para as pessoas. Enxergar o que serve para as pessoas, seja empresário, seja trabalhador. Investimentos do município, do estado, do governo federal e da iniciativa privada, e é isso que a população espera”, finalizou.

A instalação da rede de esgoto é mais uma ação da Prefeitura de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Inovação, de Desenvolvimento Econômico e Agronegócio, que atua diretamente em iniciativas que fomentam o setor produtivo, e da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, em parceria com a Águas Guariroba.